Reflexologia

A Reflexologia é uma disciplina do estudo da Medicina Tradicional Chinesa que consiste na aplicação de movimentos de pressão sobre pontos reflexos que espelham todas as partes do corpo humano.

A origem da Medicina Tradicional Chinesa perde-se no tempo até há cerca de seis a sete milhares de anos, a época mais remota da qual ainda restam alguns registos que sobreviveram até aos nossos dias. Aquilo que hoje conhecemos como Medicina Tradicional Chinesa é a compilação de saberes e experiência, de estudos e observações efetuados ao longo de milhares de anos e passados de geração em geração em várias regiões da Ásia. A sistematização desses conhecimentos num sistema integrado criou um conjunto de disciplinas de estudo entre as quais se contam a Acupuntura, o Moxabustão, a massagem Tui Na, a Auriculoterapia, a Reflexologia ou o Qi Gong.

O diagnóstico feito com base nos conhecimentos destas disciplinas inclui a aplicação prática dos conceitos de Yin-Yang, das 5 transformações, do Baguá e dos meridianos. Através deste diagnóstico conseguimos ter uma descrição do estado de saúde dos órgãos físicos e do estado psicológico de cada pessoa, passando depois aos tratamentos através das disciplinas elencadas acima, entre outras, e também do uso de fitoterapia chinesa e da alimentação como forma de medicação.

Os pontos reflexos são conjuntos de pontos em zonas específicas do corpo que espelham todo o corpo. Temos pontos reflexos em muitos sítios do nosso corpo: nas mãos e nos pés, mas também nas orelhas, no crânio, nas nádegas, entre outros.

Os pontos reflexos ligam-se aos diferentes órgãos, ossos, grupos musculares, tecidos moles e cérebro através não só do sistema nervoso, mas também do sistema de meridianos. Os meridianos são canais de energia que percorrem o nosso corpo e são usados em Medicina Tradicional Chinesa para fazer diagnóstico e cura de sintomas e de causas de doenças

A Reflexologia é usada para aliviar qualquer sintoma que provoque incómodo, sejam sintomas físicos ou psíquicos. Permite fazer tratamentos na zona das extremidades do corpo sem ter de aceder à zona da queixa e do sintoma.

É útil em casos de pós-operatório, casos que envolvam lesões ósseas e articulares, e em qualquer situação em que a dor local é muito intensa e não podemos nem devemos mexer localmente. Nestes casos, usamos as zonas reflexas para acelerar o processo de cura.

Usa-se também a Reflexologia para tratar sintomas dos órgãos internos, uma vez que não temos acesso direto a eles. Através dos pontos reflexos conseguimos “tocar” os órgãos e ajudar a repor um funcionamento mais equilibrado.

As situações de doença psíquica (emocional, mental) também beneficiam da aplicação da Reflexologia, pois ao trabalharmos um pé ou uma mão estamos na verdade a trabalhar todo o corpo e a induzir um estado de relaxamento global.

As sessões de Reflexologia duram cerca de 40 a 60 minutos, trabalhando-se em ambos os pés (os pés são habitualmente menos acarinhados do que as mãos, pelo que o corpo reage melhor e mais rapidamente quando se aplica a técnica podal).

Na posição de sentado ou deitado, de preferência descalço, são aplicados movimentos de pressão e tração no pé e no tornozelo, de acordo com os sintomas descritos e a zona do corpo a tratar. Não se aplicam cremes nem óleos, os movimentos são efetuados diretamente sobre a pele. Os tratamentos requerem a repetição da terapia em séries de 6 a 10 sessões.